Descubra como o empreendedorismo pode ajudar uma cidade a se desenvolver

Você já deve ter escutado algumas pessoas dizendo as seguintes frase:

  • “Aquela cidade é tão precária que só tem um mercadinho.”
  • “ O lugar é um fim do mundo, não tem nem lanchonete.”

Isso tudo porque as pessoas associam pontos comerciais e serviços como desenvolvimento, se um lugar não tem um comercio mínimo, provavelmente ele será tratado como pequeno ou precário. Por isso, comemora-se quando um novo shopping abre numa determinada cidade ou uma grande franquia abre no local, isso é prova de que a cidade está se desenvolvendo e de “quebra” gera mais empregos e mais crescimento.

O que poucas pessoas se dão conta é que o comércio não é único tipo de desenvolvimento que uma cidade pode receber. A criação de ongs ou outras instituições de ajuda social também são uma forma de empreendedorismo e são valiosas para uma cidade.

Nos cursos de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Local são apresentadas as diferentes formas de se gerar desenvolvimento local, como é o caso que citamos acima sobre empreendedorismo social, que faz com que um problema específico de uma região seja combatido com a implementação de um negócio que solucione o determinado problema.

Para um lugar ser considerado desenvolvido ele deve atender alguns princípios básicos para sua população, são eles:

  • a inclusão social;
  • o fortalecimento e a diversificação da economia local;
  • a inovação na gestão pública;
  • a proteção ambiental e o uso racional de recursos naturais;
  • e a mobilização social.

Se faltar um desses itens, o lugar precisa de desenvolvimento e quanto mais desenvolvimento a cada aspecto listado acima, melhor a situação desse lugar. Pode parecer uma tarefa simples, mas não é, prova disso está na quantidade de pequenas e até mesmo grandes centros que ainda precisam melhorar e muito aspectos sociais e ambientais por exemplo.

Uma outra abordagem do empreendedorismo que ajuda a desenvolver uma cidade é o empreendedorismo sustentável que faz com que a comunidade aproveite seus recursos de modo que coisas que antes eram jogadas fora, viram peças úteis e de valor financeiro.

Vale lembrar que nenhum tipo de empreendimento é simples, mas todos eles colaboram com o desenvolvimento de um local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *