Economize na hora de reformar sua casa!

É possível economizar quando o assunto é material de construção, basta um bom planejamento

Construir ou reformar é um processo complicado, que requer planejamento, dinheiro e tempo. Muitas vezes mesmo com tudo planejado e calculado o orçamento estoura, e isso é recorrente, chega a ser algo normal do processo. Mas existem diversas formas eficientes para sair do aperto e economizar até o fim da obra, sem que isso comprometa totalmente o financeiro.

Tudo que for pensado para o obra deve ser colocado no papel, todas as medidas, instrumentos e materiais que serão utilizados e alterações pretendidas. Essa é a etapa de listar tudo o que deseja, desde os acabamentos desejados, a modelos de portas, por exemplo. O aconselhável é fazer tudo isso em conjunto com um arquiteto ou engenheiro, pois profissionais especializados podem ajudar num bom planejamento e na precisão da quantidade e qualidade dos materiais.

O orçamento deve ser bem calculado com uma estipulação de teto de despesas de acordo com a situação financeira. Por exemplo, o gasto máximo será de 20 mil reais, esse valor será a meta e o indicado é não se distanciar dele. O orçamento deve ser feito em cima desse montante, com os gastos setorizados, divididos em partes estruturais, como elétrica e hidráulica, acabamento, mão de obra e imprevistos.

Muita pesquisa deve ser feita na hora de adquirir os materiais, os valores devem ser comparados, assim como a qualidade do produto. Pois economizar não significa somente comprar produtos baratos, mas encontrar materiais de boa qualidade com bom preço. Não tenha pressa na hora de comprar os materiais, como já dito, o segredo é priorizar os bons produtos, escolher marcas confiáveis, observar o rendimento, validade, durabilidade do que será adquirido.

Negociar as compras presenciais é uma ótima forma de economizar, peça descontos e cortesias e em caso de promoções, coloque tudo na ponta do lápis e veja se vale mesmo a pena. E a partir do cronograma da obra, faça as compras dos materiais por etapas, pois assim facilita o armazenamento dos produtos, busca valores ainda melhores e evita gastos desnecessários.

Fazendo as compras aos poucos evita-se também o desperdício de material e de dinheiro. Por isso é importante calcular as quantidades ideais para o serviço, e nisso o mestre de obras ajuda muito, um bom profissional pode fazer uma lista de compras adequadas. E é bom lembrar que é indicado comprar cerca de 20% a mais de material, pois podem haver perdas, irregularidades nas peças e vários outros imprevistos.

Evite compras por impulso e estabeleça prioridades no processo de construção. Deixe os materiais de acabamento e decoração para a hora certa e foque nos materiais básicos como pedra, areia, cimento, etc. Não compre materiais que estão prestes a vencer, mesmo que sejam mais baratos, pois não se sabe ao certo quando ele será utilizado completamente.

E controle tudo o que for comprado, pois os gastos excessivos acontecem pela falta de atenção. É necessário anotar cada despesa durante a obra, guardar as notas fiscais e até utilizar aplicativos ou planilhas se isso ajudar a saber os custos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *